quinta-feira, 18 de abril de 2013

Aceitando o diferente...


Fico pensando que nem sempre é fácil ser diferente, mas é bom. Ser diferente nos afasta das pessoas que não compreende muito. Mas, ainda sim é melhor quando podemos nos aceitar, é fácil ser igual, ser loira, ser magra, não ser culta e ser igual a muitas mulheres. Mas aí eu não seria eu mesma. Eu sou sensível, diferente na forma de pensar, sou contra a maioria das pessoas e até mesmo da minha própria família, uma vez até minha irmã disse que eu era adotada [ mas pra infelicidade dela, eu sou a copia da cara do meu pai] hahahhahahahha. Eu já tive esses pensamentos por ser diferente. Mas, por um longo período em não me aceitar, eu fiz tudo errado, comecei a adoecer na alma. A ser mais melancolica que ser feliz. Na minha terapia, eu estou cada vez mais me conhecendo e as angústias estão sendo abertas para algum momento eu ficar boa. Assim que eu vejo uma hora eu não vou mais sentir dor, posso ficar triste mas não serei mais melancolica. E tudo graças a boa parte da terapia e a minha fé em Deus me faz preencher muitas lacunas vazias na minha alma. Eu as vezes me afasto das pessoas quando algo não está mais bom, quando parece que as pessoas mudam e isso é o que mais tem acontecido pessoas mudando o tempo todo perto de mim. Enfim, ter novas pessoas na nossa vida é bem melhor em muitos momentos e começa a circular um novo ar, aquele ar de boas coisas, eu tenho estado mais preocupada com novo estágio e isso tem me tomado bastante tempo para resolver as coisas. Não tenho mais a personalidade de abandonar ninguém, mas afastar em alguns momentos de algumas pessoas tem sido fundamental até mesmo para respirar mais a felicidade, falar de coisas mais leves. Eu sair de alguns grupos, não tenho nada diagnosticada para ficarem me taxando, o problemáticos são deles, eu não tenho outra dor, elaboro. Os sintomas como minha psicologa diz está em não conseguir elaborar as dores...Sim, eu sou normal, porém diferente para não parecer igual a ninguém! Nem mesmo minhas dores, alegrias são iguais, Deus me fez única, sem cópia. E assim que eu preciso, e gosto de ser vista, eu sendo eu! As vezes dou umas sumidinhas do blog, mas sempre que posso comento algo..Hoje estou bem, e isso tem se tornado mais constante graças a terapia. E graças ao meu esforço em falar das dores para minha psicóloga quando vêm..Eu ontem falei que minha busca é para ficar bem, sabendo que somos tristes, mas que eu não quero mais é ter dor de angústia. É para isso que continuo lutando todos os dias e fazendo minha parte sempre para deixar a minha vida mais feliz.




2 comentários:

  1. Não sei se vc viu, mas ganhou um selinho lá no meu blog, espero que goste :)
    Eu sempre amei ser diferente de todo mundo. Nunca gostei de andar totalmente na moda. Sempre gostei de ter minhas próprias opiniões. Mas tb sempre respeitei a opinião dos outros. Afinal somos todos diferentes, ou não seríamos humanos.
    Fico feliz que esteja melhorando sua forma de ver a vida e q esteja mais feliz :)
    Bjs da Flor~*

    http://bipo-analisando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que você esteja cada mais se aprimorando como ser humano.

    E olha, nem precisa pedir desculpas quando é um pouco mais enfática lá no blog. A-do-ro suas colocações.

    Bjos baby.

    http://borderline-girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir